BIOGRAFIA

Pedro Alves é cantor, autor, compositor e escritor, nascido em 19 de julho de 1976 em Dijon (21). Ele é de origem portuguesa.

Pedro é o neto de Isaías Martins, guitarrista e cantor de Fado num país sob a ditadura de Salazar. Isaías transmitiu-lhe a coragem, a perseverança e a sua guitarra.
Aos 12 anos, com a cesta da sua bicicleta cheia de bolos de chocolate, Pedro fugia para tornar-se cantor em Paris. Os seus pais puseram fim a essa fuga emancipada no final do quarteirão, na manhã seguinte inscrevem-no no conservatório e todos os fins de semana o acompanham aos bailes que ele anima com o seu grupo na região com apenas 18 anos. Passou com sucesso o exame de admissão da escola d’Alice Dona e finalmente…Paris.

Pedro durante 4 anos aprende e participa em 3 albuns

1996 – Vacances 2001 – Les routes du soleil (collectif Studio Alice Dona).
1997 – Génération Aznavour (collectif Studio Alice Dona).
1999 – Couleur de l’ombre (álbun d’Alice Dona – choriste). Ele multiplicou as Tv e Alice Dona convidou-o para os seus 60 anos no Olympia. Seguiu mais 2 anos no Conservatório de Cachan.

Em 1998, Pedro Alves foi selecionado para o concurso da Eurovisão 1999 com o título Never More, escrito por Claude Lemesle Ficou empatado em 2.º lugar com Ginie Line. Gilbert Becaud jurado, sussurrou-lhe ao ouvido nos bastidores que teria uma carreira promissora. Apenas hoje Pedro entende as palavras desse mestre.

Em 2000, Pedro interpreta Aaron no musical os 10 mandamentos. Ele assegura o seu papel durante as 320 datas de turnê diante de mais de um milhão e meio de espectadores. O seu duplo ainda se ressente dele. 8 milhões de discos são vendidos. Encontramo-lo em seguida no álbun Love United et Noël Ensemble.

Em 2004, Lionel Florence escreveu-lhe Je Chanterai, integrou-o no seu álbun Des rencontres et des mots, onde encontramos: Florent Pagny, Johnny Hallyday, David Hallyday, Les Enfoirés, Alain Chamfort, Pascal Obispo, Patricia Kaas, Patrick Fiori, Daniel Levi, Maurane… No mesmo ano, Yann-Philippe Blanc faz de Pedro uma assinatura presidencial na Warner e diz-lhe durante o seu primeiro encontro : « A França saberá que tu és uma das grandes vozes do país, pouco importa quantos álbuns eu terei que financiar para isso».
Ele lançou seu álbun: ATTENTION FRAGILE – single: WATCH A WOMAN (Pascal Obispo – Lionel Florence) – título interpretado na eleição Miss França.

Depois de todos esses sonhos, Pedro realiza o seu sonho: trabalhar com Johnny Hallyday O que faz de 2007 à 2009.
O seu director artístico e de projeto – ramo internet – aplica-se de tal forma que ele colabora nos clips Chavirer les Foules e Que restera-t-il. Para realizar o sonho de outros artistas e em 2008 , é o produtor executivo do clipe Parle Hugo para a associação Les Voix de l’enfant, Yanke Prod. Com a participação de Anne-Laure Girbal, Lââm, Hoda, Nicolas Peyrac, Pauline Delpech, Bruno Solo, Marie Myriam, Ophélie Winter, Faudel, Jenifer, Nâdiya, Michel Delpech, Julie Zenatti, Michel Fugain, Tété, Cali, Victoria, Sylvie Vartan, Michael Jones, David Hallyday, Emmanuel Moire, Leslie, Patrick Fiori, Claire Keim, Michel Jonasz, Francis Lalanne.

Solicitado pelo grupo do musical Grease em 2009. Ele faz um triunfo em Paris no Théâtre Comédia, no Palácio de Congressos de Paris, bem como, 3 dias em Bercy e por mais de 150 datas em digressão, sans décoiffer sa banane ! ;o) (papel de Sonny).

Então Pedro Alves é produtor e programador de shows no Sentier des Halles em Paris. Ele também faz álbuns para outros cantores.

Em 2011, em paralelo ao seu restaurante Music Str’eat com palco aberto a artistas, cria Serial Liver, uma produtora de espetáculos da qual é o diretor até 2013.Em outubro de 2011, Pedro Alves participou no espectáculo e concerto-Dvd Lorraine de Choeur – 2000 CHORISTES, sob a direção de Jacky LOCKS, na Galaxie d’Amnéville com Pablo Villafranca, Garou, Tina Arena e Marina d’Amico.

E então, a sua correspondente de 15 anos instalada em Paris convenceu-o a tornar-se seu agente. Pedro preparou 3 álbuns com diferentes conceitos e participações mais 2 livros, em 3 anos. O seu fiel amigo Jacques Roure está lá, sempre. Entretanto Pedro convence a sua correspondente a casar com ele e a partilhar o quarto da sua filha Lily com uma pequena Eloïse nascida em março de 2015. Ela empresta a sua voz ao título Caminho e continua a número 1 na comunidade de fãs de Pedro Alves.

Pedro continua a sua digressão pelas embaixadas francesas em todo o mundo e lança o seu primeiro romance, publicado pelas Editions Fortuna em 11 de abril de 2016 : Des sanglots dans la voix. Cujo prefácio é de Linda de Suza, quarto na capa do seu amigo Patrice Guirao e recebeu uma dedicatória excecional no Salon du livre de Paris.

Em 2017, Pedro Alves trabalhou com Jean-Félix Lalanne intrigado pela la guitarra portuguesa e abalado pela voz de Pedro. Eles gravaram 3 faixas, acompanhados de Pascal Reva e Kevin Reveyrand. Jean-Félix convida então Pedro no palco em Paris durante a sua primeira edição de Jean-Félix & Friends, 16 de dezembro de 2016.

Atualmente, Pedro Alves termina o seu próximo romance e prepara a saída do seu primeiro disco em português.

Ele é também director artístico em diferentes projetos.

Um clipe com diversos artistas para uma associação está disponível para os nossos ecrans de TV em 2018.
JE VIS AVEC pelo coletivo « cœur de tribu » composto de : Eric Bautheac, Avy Marciano, Gil Alma, Pauline Bression, Harry Roselmack, Nathalie Marquay-Pernaut, Sabrina Perquis, Karima Charni, Camille Esteban, Manon (The Voice), Jean-Luc Guizonne
Sendo o único projeto ou visibilidade conhecida. 

 

2019 também é o ano de seu grande retorno, com um álbun em francês e outro em português.
Pedro esteve na primeira parte do concerto de António Zambujo no Trianon, em Paris, em 8 de fevereiro de 2019. Ele fará uma turnê em setembro de 2019 em toda a França com um novo show. 

Pedro Alves há muito tempo é uma voz que já não apresentamos, mas que ouvimos.

DISCOGRAFIA

  • 2018 – single JE VIS AVEC – Collectif Coeur de Tribu
  • 2011 – DVD Lorraine de Choeur – 2000 Choristes
  • 2004 – Album Attention Fragile
  • 2004 – Titre Je chanterai Album de Lionel Florence Des rencontres et des mots
  • 2003 – single Un jour sans (avec l’orchestre de la Garde Républicaine)
  • 2003 – Noël Ensemble
  • 2003 – Love United
  • 2002 : single REGARDER UNE FEMME (Pascal Obispo – Lionel Florence)
  • 2000 – Les 10 Commandements (Pascal Obispo – Patrice Guirao/Lionel Florence) Titre solo DEVANT LA MER et OH MOÏSE avec Lisbet Guldbaek, Anne Warin et Yaël Naïm
  • 1999 – Couleur de l’ombre (album d’Alice Dona – choriste)
  • 1997 – Génération Aznavour (collectif Studio Alice Dona)
  • 1996 – Vacances 2001 – Les routes du soleil (collectif Studio Alice Dona)

PRÊMIOS

  • Disque diamant, or et platine pour Les Dix Commandements
  • Victoires de la musique pour Les Dix Commandements
  • NRJ Music Awards pour Les Dix Commandements
Portrait Pedro Alves

conexões

Loucura - 
Le Trianon 8 février 2019 - PARIS

RADIO ALFA 
- Interview

Amar e ser amado 
- Le trianon 8 février 2019

Amar e ser amado 
- Le trianon 8 février 2019

TU ES MON FADO 
En acoustique avec cédric - Extrait émission TV Mai 2018

Reproduzir vídeo

DEVANT LA MER 
- Les dix Commandements

MON FRERE 
Enregistrement en duo avec Pablo Villafranca et 2000 choristes.

REGARDER UNE FEMME 
Single Album du même nom - Pascal Obispo / Lionel Florence - Hymne de Miss France 2004

L'ENVIE D'AIMER  
Enregistrement avec 2000 choristes sous la direction de Jackie Locks.

Close Menu

Praesent leo mattis libero ut consequat. ut ultricies suscipit Praesent ante. accumsan